Porque se contentar com migalhas…

6 10 2010

… quando você pode ter o pão inteiro?

Diz a lenda que o NET nasceu da recusa da Sun de aceitar as alterações/contribuições da Microsoft ao Java.

Desde então, muito dos acertos do mundo Java vem sendo clonados para NET. Creio que o Nhibernate seja o caso mais famoso, mas podemos também citar Log4Net, Spring.Net etc.

Explodiram então os frameworks MVC. Spring, Struts, Django, CakePHP, Zend Framework, Symfony e claro: Ruby on Rails.

Na contramão do mundo, a Microsoft defendia o Webforms, que trazia para Web o paradigma de desenvolvimento Client-Server, facilitando a inclusão dos seu exército de programadores VB6 no inevitável domínio dos WebApps.

Foram criadas algumas alternativas para NET, o MonoRail é um exemplo. Mas no mundo NET, dificilmente algo se torna “o jeito certo de se fazer” se não vier de dentro da nave mãe. E o MonoRail nunca perdeu o rótulo de gambiarra / ferramenta de/para hackers.

Eis que então, a Microsoft começa a surpreender. o C# 3 traz o LinQ, algo novo e pela primeira vez, uma novidade cobiçada pelos desenvolvedores das outras linguagens. O time de desenvolvimento bloga, ouve opiniões, tudo indica que uma nova era estava por vir.

Não que não houvessem coisas que provassem o contrário como o Ajax Control Toolkit (ou Toolshit?).

Rob Conery foi contratado e seu enfoque pragmático no SubSonic me deixou bem esperançoso quanto ao avanço nas ferramentas e frameworks da Microsoft.

Vem então o Asp.NET MVC. Embora fosse mais um dos casos onde a Ms reinventa a roda e ignora alternativas open-source dentro do próprio ecossistema, dessa vez a fonte de inspiração deixa todo mundo surpreso.

O Rails, framework de desenvolvimento web que incentiva boas práticas recheado das siglas do momento tais quais MVC, TDD, Agile, foi a fonte onde a Ms foi beber para fazer o seu framework MVC. E, como se não pudesse ser melhor, utilizando por padrão JQuery.

Parecia que finalmente o que se entende por melhores práticas de desenvolvimento se tornaria padrão entre os desenvolvedores Ms. Infelizmente começam os tiros no pé. Linq-to-Sql é declarado morto (zumbi poderíamos dizer…) e é anunciado o EF, alardeado como a solução final para acesso a dados (datasets? procedures? L2S também não eram?)…

Oras, o Nhibernate, maduro, rápido, com uma comunidade vibrante não seria uma melhor opção? Afinal, não era o que tinham feito ao matar o Ajax Toolkit e o MS Ajax e adotar o Jquery? Não era isso que as novas caras da Ms (Haack,Halselman,Conery,Gu) fariam SE tivessem poder de decisão?

Rob Conery deixa a MS e a coisa passa a ficar mais e mais suspeita…

Os avanços no Net Framework não pararam, a BCL trouxe o Python e o Ruby para dentro do radar do desenvolvedor Ms e muitos como eu foram ver como era esse tal Ruby que os “nerds do linux” falavam nos seus blogs anti-Ms.

O fama do Rails só crescia e hora ou outra respingava nos blogs que eu acompanhava do mundo Ms.

Como bom curioso, eu fui dar uma espiada no bicho, encontrei tudo que esperava no mundo Net, tanto em ferramentas, comunidade, suporte e material de estudo. O resto é história.

Se vc leu até aqui, deve estar se perguntando: o que o título tem a ver com esse bla bla bla todo?

Hehehe vamos lá.

Hoje foi anunciado o beta do Asp.NET MVC 3. Entre as novidades está o Nupack. Um gerenciador de pacotes para Net. Simplificando com alguns comandos em pasme… LINHA DE COMANDO, vc adiciona ao seu projetos pacotes como Nhibernate, Elmah etc.

Um monte de tontos, isso mesmo TONTOS, tentou criar uma ferramenta nesses moldes (Nu entre outras) , trazer todos os inúmeros benefícios que as Gems trazem ao Ruby. Tontos porque não havia dúvidas que, se os desenvolvedores quisessem mesmo isso, a MS faria sua própria implementação.

Quem perdeu tempo tentando ajudar, colaborar pode fechar seus sites pois serão ignorados pelos desenvolvedores. Há pouco ou nenhum futuro para iniciativas do tipo. Quem é tonto o suficiente para continuar fazendo software open source para Net? Pra ser devorado? Atropelado pela nova e brilhante “idéia” que eles tiveram em Redmond ( e que na maioria das vezes fica aquém das alternativas da comunidade )? Com muita sorte você será comprado e renomeado.

O que muitos desenvolvedores experimentarão com o MVC3 e NUPack os desenvolvedores Rails tem a anos. O Asp.MVC, ainda que em sua mais nova versão está a anos luz atrás em maturidade, ferramentas, comunidade e praticidade para o Rails.

Não comam migalhas amigos, o pão está na mesa, quentinho e é de graça.

http://www.rubyonrails.pro.br/

Anúncios

Ações

Information

9 responses

6 10 2010
George Ribeiro

Excelente post cara. Parabéns.
Tenho a mesma opnião que você (mesmo sendo do python) de que tudo que a microsoft faz é copiar os outros e os desenvolvedores MS ainda acham que estão anos luz a frente da concorrência, grande engano.

7 10 2010
Alex

Obrigado George.
Eu não acho que a Ms só copie, ela cria muita coisa boa.
O problema são os desenvolvedores que acham que uma coisa só existe
quando a Ms lança, que infelizmente são a maioria no mundo net.

Net é uma tecnologia fantástica, o Visual Studio é uma ferramenta sem igual, mas ignorar o que o resto do mundo está fazendo é burrice.

7 10 2010
Fabio

Você deveria abrir uma empresa de software e ficar bilionário. Da maneira como você fala, parece que só existem burros trabalhando na Microsoft. Você deve conseguir fazer muito melhor. Já tentou enviar um currículo para ser diretor da Microsoft?

7 10 2010
Alex

Po tentei tudo isso, mas como não fiquei bilionário e nem me aceitaram na Ms eu fiz um blog
e fico falando mal de todo mundo. 😀

7 10 2010
Regis Mesquita

#win #EuRi

7 10 2010
Silfar

Alex, muito bom o artigo, só uma coisa falta na minha opinão para o ruby e compania, uma ide que realmente facilite desenvolvimento de app Windows Forms

7 10 2010
7 10 2010
Silfar

Me Expressei errado, quando disse Windowsforms eu quis dizer app desktop com Ruby ou até uma camada cliente para rais que fosse desktop.

7 10 2010

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: